domingo, 3 de novembro de 2013

Os 10 lançamentos literários mais importantes de 2012 - Por Bárbara M. W.



Os 10 lançamentos literários mais 
importantes de 2012
Relembre os livros que renovaram a literatura 
brasileira neste ano
Por Bárbara M. W. | Yahoo! Contributor Network

Yahoo literatura

O mercado editorial brasileiro anda fértil. Semanalmente, livrarias são invadidas por títulos de novos e tradicionais escritores, que versam desde jardinagem à vida pós-BBB. É preciso, contudo, garimpar as prateleiras para encontrar um exemplar de Literatura com L maiúsculo. A lista proposta abaixo, dos 10 maiores lançamentos de livros brasileiros em 2012, prestigia, sobretudo, obras de prosa, cuja linguagem lapidada e conteúdo, ora transgressor, ora plural, são pungentes, catárticos, doces, amargos. Obras que nos fazem pensar e, depois de lidas, ainda ecoam em nós.

 "Barba ensopada de sangue"
Autor
: Daniel Galera 
Gênero: Prosa (romance) 

Incensado pela Revista Cult como "uma das grandes esperanças jovens na literatura brasileira contemporânea", o livro de Daniel Galera é um dos lançamentos mais falados e elogiados do ano. A busca por fragmentos familiares do passado de um professor de Educação Física é o pano de fundo para esse romance, que explora, de forma densa e perturbadora, as relações humanas.


"Esquecer-te de mim"
Autora: Claudia Nina 
Gênero: Prosa (romance) 
O abandono e a ausência são os fios que alinhavam a história de três personagens mulheres: uma viúva, uma recém-separada e uma moça gorda. O discurso feminino, cheio de sussurros, não-ditos, delicadezas e silêncios, é o ponto forte da narrativa. Simone Paulino, colunista literária do site Bicicletas Voadoras, relaciona alguns trechos do romance com a obra de Clarice Lispector. Em comum, certamente, há a solidão latente em cada palavra.


"Essa coisa brilhante que é a chuva" 
Autora: Cintia Moscovich 
Gênero: Prosa (conto)
Seleção de contos, cujos motes, aparentemente frugais, revelam questões que já habitaram todos nós. Sentimentos controversos unidos às formas de amar e ver a vida são regados a humor e a ironia. Cíntia dá risada da tragédia e acoberta a dor com riso.


"O pelo negro do medo"
Autor: Sérgio Abranches 
Gênero: Prosa (romance) 
A estreia de Abranches na seara ficcional traz uma obra noir. A década é a de 80, a cidade é Paraty e o protagonista é o medo, sentimento lúgubre e palpável que ataca um casal que busca uma relação adulta. A história brasileira caminha enlaçada às memórias das personagens, e o cientista político nos ensina como se dá voz ao silêncio.


"O que deu para fazer em matéria de história de amor"
Autora: Elvira Vigna 
Gênero: Prosa (romance) 

São duas histórias: a de um casal já morto e a da protagonista, que venderá o apartamento que presenciou o romance. Ao mesmo tempo em que encontra as pistas das duas vidas já extintas, a personagem precisa administrar a própria existência e o confuso caso que mantém há anos. A linguagem direta, concisa, mas intimista, é um chamariz à parte.


"Poeira Fria"
Autor: Carlos Machado 
Gênero: Prosa (novela) 
Após 6 anos, o autor curitibano volta às narrativas com um romance que experimenta múltiplos gêneros para tratar das tormentas de um mesmo protagonista. Ilusões estilhaçadas juntam-se à angústia de um futuro sem muitas perspectivas para revelar os fracassos de um professor que já perdeu muito na vida.


"Sagrada Família"
Autor: Zuenir Ventura 
Gênero: Prosa (romance)
Cultuado pelas obras de não-ficção, Zuenir Ventura nos brinda com um retrato do Brasil dos anos 40, reconstituindo cenários da sociedade carioca. O autor brinca com memórias e ficção, e os episódios são embalados pelo humor fino e inteligente do jornalista, que registra com olhar objetivo uma época em que o amor (e seus desdobramentos) era uma conversa escusa.

"Sonhei que a neve fervia"
Autora: Fal Azevedo 
Gênero: Prosa (não-ficção) 
Fal perdeu repentinamente mais que o amor, a razão de sua vida. Sem Alexandre, ela precisou elaborar o luto e se redescobrir, contando com a ajuda de amigos e do seu blog, o Drops da Fal. O livro é construído por e-mails, mensagens, textos, dor e amizade. Colorindo a realidade com lirismo, Fal é intensa, caudalosa, ácida, visceral, humana. Dá vontade de abraçá-la depois que se fecha o livro.

"Um coração ardente"
Autora: Lygia Fagundes Telles 
Gênero: Prosa (contos) 
Coletânea de contos produzidos entre 1958 e 1981, o livro traz Lygia em sua intensidade icônica. Amores borbulhantes, regados a ciúmes, obsessões, traumas. A doçura do sonho é enredada à fatalidade, enquanto a imaginação e o fantástico fazem o leitor rodopiar, engolido pela tensão arquitetada por uma das melhores escritoras brasileiras de todos os tempos.


"Visita à baleia"
Autor: Paulo Venturelli 
Gênero: Prosa (infanto-juvenil) 
Venturelli já provou que consegue falar às crianças, respeitando sua inteligência e pureza. Nesse seu novo livro, o autor novamente dirige a prosa aos pequeninos, emprestando a magia fantástica aos causos residentes no Brasil. Uma história singela, sobre cidade grande, interior, lendas e infância.


http://br.noticias.yahoo.com/os-10-lan-amentos-liter-rios-mais-importantes-100300951.html
Postar um comentário