quinta-feira, 5 de março de 2015

A Terra Traída, Thiago de Mello



A Terra Traída
Thiago de Mello



Alma inflamada, minha pátria
padece em suas artérias esgarçadas.
A perda da ética,
doença de contágio vertical,
se alastra pelo sangue da nação
desprotegida pela indiferença.

Pergunto por que
nunca se mentiu tanto no Brasil?
A verdade se encolhe, acanhada
de mostrar a ferida do seu corpo.

A tal ponto esta terra traída
se desfez dos anticorpos da vergonha,
que não percebe os sinais de sua ruína,
a queimadura já cobre a pele do sonho,
estremece os esteios da esperança.

As mais belas virtudes humanas,
enraizadas pelos séculos na alma da raça,
valores mais poderosos do que leis,
guardiãs da beleza do convívio

- delicadeza,
bondade,
respeito,
retidão,
decência, mão solidária
sinceridade,
ternura,
respeito, solicitude,
confiança -

todas ameaçadas de extinção,
como certos pássaros da floresta.

A esperança está na flama
que nunca se apaga
no coração dos que perseveram.

******************************
Advertência:
quando queimam a mata,
enlouquecidos de pavor,
os pássaros se esquecem dos seus cantos.

De: Acerto de Contas, Thiago de Mello
Postar um comentário