terça-feira, 7 de outubro de 2014

O coração de Antônio Maria Por RUBEM



O coração de Antônio Maria
Por RUBEM



Revista da Crônica – Notícias, entrevistas, resenhas e textos feitos ao rés-do-chão.

Mas como passar pela vida sem ter lido crônica de Antônio Maria? Faz parte das coisas simples e bonitas, e por isso absolutamente essenciais para um bem-viver. Tanta ternura junta! O que Antônio Maria precisaria ter escrito para que fosse lembrado como um dos nossos melhores cronistas? Tem o Braga, tem o Sabino, tem o Paulo Mendes Campos… mas tem também o Antônio Maria, pô!
Estão falando por aí, e com razão, que a crônica do Paulo Mendes Campos não é tão valorizada quanto deveria e merecia. Pois imagine a crônica do Antônio Maria! No máximo inspira frases do tipo “Ah é, teve esse também”. Verdade é que Antônio Maria também não ajuda – a começar pelo nome. Hoje em dia, talvez fosse o caso de escrever na capa de seus livros: “Antônio Maria, mas não o padre”.
E também tem esse jeito de escrever como quem não quer nada, como quem joga conversa fora. Vejam vocês, o homem era cardiopata –  foi isso que o matou ainda jovem. E ninguém mais do que ele usou a crônica para escrever com o coração, e muitas vezes sobre o coração. Não à toa, um dos mais belos textos da coletânea “Benditas Sejam As Moças” se chama “O Coração dos Homens”.
Já falei da ternura? É a palavra que melhor encontro para classificar suas crônicas. Neste livro em especial elas versam sobre a busca pelo amor. E Antônio Maria é sincero demais para repetir clichês. Na verdade, Antônio Maria parece ser o sujeito que melhor incorpora aquilo que tradicionalmente se espera da crônica: um texto leve, de linguagem simples, falando de coisas cotidianas, dialogando e brincando com o leitor, em meio à uma ou outra tirada poética de embasbacar.
São textos divertidos e emocionantes. Antônio Maria tem um dos estilos mais agradáveis e fáceis de se ler da crônica.  É um dos monstros do gênero. Um monstro que é todo coração.

http://rubem.wordpress.com/2013/04/03/o-coracao-de-antonio-maria/
Postar um comentário