sexta-feira, 17 de outubro de 2014

À Procura de mim... Rita Prado



À Procura de mim...
Rita Prado



Me procuro perdida,sem identidade.
Me consumo tal vela que se queima,
em entrega sem motivo aparente.
O reflexo do espelho mostra
o que não gosto de ver...nem de ser...
Não me reconheço, me faltam adereços
perdidos em algum carnaval.


Penso em um recomeço,mereço!
Busco coreografias
que casem com boa música.
Geografias que assumam meu espaço.
Caligrafias escritas em cadernos diversos.
Outras leituras em livros, fora da estante.
( esses são lidos)


Nesse movimento recupero
algo perdido em meu grito.
Agito as águas renovadas
do poço fundo em que me
banho agora ( ficou raso?)
Tal correnteza levam as tristezas
e me trazem novas melodias e danças
novas certezas.(incertas)
Faço uma trança e componho novo retrato.
Me reconheço no traço do verso
pra depois de novo me perder e começar
minha busca outra vez...


Rita Prado
13/10/2014
Postar um comentário