sábado, 21 de novembro de 2015

Outro dia, francisco vaz brasil



Outro dia
francisco vaz brasil



A vida nunca será igual
no outro dia:
a morte que permeia
o rio que à pedra rodeia
o coração após forte emoção

Então,
quero nesta noite enluarada
tocar neste, neste violino,
as mais lindas canções
a poesia mais inspirada
que nos dê um só destino
unindo nossos corações...

Amanhã
O amanhã será outro dia

Postar um comentário