terça-feira, 22 de abril de 2014

DE LIVERPOOL A BELÉM, Elias Ribeiro Pinto



DE LIVERPOOL A BELÉM
Elias Ribeiro Pinto
A beatlemania invadia os quatro cantos do planeta, 
onde se ouviam os berros de iê-iê-iê, incluindo Belém

COLUNA DESTA TERÇA (22/4/2014) NO JORNAL DIÁRIO DO PARÁ

The Beatles arrive in the United States for the first time, 7 February 1964

1 No dia 3 de janeiro de 1964 o primeiro clipe integral de uma canção (“She Loves You”) dos Beatles, a nova sensação da música pop, vai ao ar na TV dos Estados Unidos, ao vivo, com uma penca de adolescentes berrando ao fundo. Um pouco depois, no dia 6 de julho de 1964, se dá a estreia mundial de "A Hard Day’s Night" em Londres. Entre essas duas datas temos a primeira menção ao conjunto na imprensa brasileira, na capa do caderno B do Jornal do Brasil, no dia 17 de janeiro. O texto informa que eles “vestem-se de cor-de-rosa, devoram bombons de groselha com velocidade industrial, usam barbas e bigodes postiços quando saem à rua, mas as enormes cabeleiras que ostentam são absolutamente autênticas”.
2 À estreia do filme em Londres compareceram a princesa Margaret e seu então marido, lorde Snowdon. Os fãs tomaram de assalto a área em torno do Piccadilly Circus, interrompendo o tráfego. Em Liverpool, para onde os Beatles seguiram quatro dias depois, a fim de assistir à primeira exibição do filme na terra natal, cerca de 100 mil fãs se alinharam ao longo do trajeto, desde o aeroporto, para saudar os conterrâneos, agora celebridades mundiais.
3 Andrew Sarris, um crítico de cinema norte-americano, do "Village Voice", saudou a fita como “o 'Cidadão Kane' dos musicais de jukebox, uma brilhante cristalização de partículas culturais tão diversas quanto o filme pop, o rock’n’roll, o cinema-verdade, a nouvelle vague, o cinema livre, a afetada câmera de mão, o culto do pré-adolescente assexuado, o semidocumentário e a espontaneidade calculada”. Uau.
4 A beatlemania invadia os quatro cantos do planeta, onde se ouviam os berros de iê-iê-iê, incluindo Belém, of course. Mas o filme "A Hard Day’s Night" só desembarcaria por aqui um ano depois. Exatamente no dia 27 de junho de 1965, um colega de ofício de Sarris, o crítico de cinema Acyr Castro, reportando-se ao filme que estreara no dia anterior, no Cine Ópera, observou, num jornal local, que "Os Reis do Iê Iê Iê" (título que "A Hard Day’s Night" recebeu no Brasil) é “um filme francamente jovem, moderno, que irá desagradar com certeza absoluta aqueles que continuam a ver o cinema como uma manifestação ou do sentimentalismo burguês (os adeptos da teoria cem por cento capitalista) ou do reacionarismo soviético (os ingênuos da área comunista também chamada vermelha ou pseudorrevolucionária), passando pelo estágio comum da mediocridade (o bom mocismo sebastianista saudoso dos bons tempos da Rainha Vitória)”. Uau.
5 Conquistado, Acyr incluiria a fita em sua lista dos melhores filmes de 1965, lista canônica entre os críticos paraenses, que elegiam, no primeiro mês de um novo ano, os melhores do ano anterior.
6 Mas os ecos do yeah, yeah, yeah de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr já ecoavam no Brasil bem antes da chegada do primeiro filme da banda. Em 1963, o cantor cearense Fagner lembra de ter ficado paralisado, quando atravessava uma rua de Fortaleza, ao escutar os acordes de “I Want to Hold Your Hand”.
7 Nas protocolares férias de julho em Mosqueiro, foi numa apropriada rede que o “pré-adolescente assexuado” (conforme Andrew Sarris) Edgar Augusto se deixou embalar e seduzir pelo refrão irresistível de “She Loves You”.
8 Os Beatles não foram os primeiros habitantes de Liverpool a fazer sucesso por aqui, pelo menos no século passado. Curiosamente, enquanto de um lado a página de um jornal local anunciava a programação de cinema, com a estreia do filme dos Fab Four, bem ao lado, na página seguinte, a Linha Booth anunciava a partida de seus navios que faziam linha com a Europa e a América do Norte. Como muitos ainda se lembram, o belo edifício-sede da Booth ficava na subida da avenida Presidente Vargas. A empresa era controlada pela “The Booth Steamship Company Limited”, com sede, ora, ora, em Liverpool. Esse mundo é mesmo pequeno.

https://www.facebook.com/elias.ribeiropinto/posts/10201933232074063
Postar um comentário